“Paradigmas Definitivos” pode ser seu!



Prorrogado até 15/10!!!

Paradigmas, altere-os ou reafirme-os.

Esta aspirante a blogueira (eu) tem muita preguiça (e nenhum tempo) para organizar promoções e concursos, mas como o livro em questão trata justamente dos lugares comuns da mente e da literatura - e como mantê-los ou como destruí-los -  porque não quebrar esse costume?

Estive no pré-lançamento do livro “Paradigmas Definitivos” da Tarja Editorial e adquiri dois exemplares do mesmo título (agradeçam ao meu acompanhante) e resolvi presentear alguém com um deles. O livro está novo, nunca foi nem folheado, e está pronto para ir para as mãos de um sortudo. Bom, não será bem uma questão de sorte, mas vamos lá.

Para participar do concurso é muito fácil, basta você deixar um comentário nesta postagem que tenha alguma referência ou que utilize o termo “Paradigma”, e seguir o blog. Pronto. Está feito.  
O formato e teor (obedecendo ao que está escrito à cima) são de livre escolha. Só precisa caber em um único comentário. Estão livres frases engraçadas, microcontos, minicontos, poesias, frases soltas... Enfim, o que desejar. Claro que também é permitido enviar mais de um comentário, só não pode dividir o mesmo texto em mais de um.

É imprescindível que o texto seja de sua autoria!

Só irão concorrer os comentários postados até o dia 13 de outubro de 2012.

Ao final do prazo, o organizador da antologia e editor responsável da Tarja, Richard Diegues, irá escolher o texto que mais lhe agrade, e então, publicarei aqui no blog o resultado.

Caso queira deixar seu twitter, facebook ou email no fim da postagem (para facilitar o contato caso seja o autor do texto escolhido) a produção agradece ;)

E boa sorte!


  ♠  ♠


Para conferir a resenha do livro registrada neste blog clique aqui "Resenha Paradigmas" 

Sinopse:
A palavra paradigma se origina do grego parádeigma, que em seu sentido literal quer dizer modelo, um padrão a ser seguido. Na literatura seria algo partilhado por diversos autores, como um fluxo de pensamentos que culmina em ideias semelhantes. É um termo complexo que aponta algo simples: os limites de um conceito, o molde para se manter dentro dessas balizas. A proposta da coleção é apresentar contos incomuns, mesmo que baseados em paradigmas consagrados.



Comentários

  1. Frase: "Estou cansada de uma sociedade cheia de paradigma para tudo. Onde está o chamado e tão procurado diferente?"
    @bellatrizfb

    ResponderExcluir
  2. Micro conto:

    Olhou para a mulher que lhe despertava desejos ardentes, mas também ternos que lhe faziam sorrir mostrando os dentes e disse: “Cara amiga, onde está escrito o Paradigma que declara a impossibilidade de nosso amor?”. Sem mais palavras a acrescentar, começaram a se amar.

    Facebook: http://www.facebook.com/ednelson.junior.7

    ResponderExcluir
  3. Paradigma
    Para-dogma
    Dogma que nos para, paraliza
    Precisa se abrir para não morrer, definhar
    Mas ao se abrir, se destrói, desconstrói
    Da destruição, ressurge, reforma
    Nova ideia, nova forma, novo dogma
    Fechando-se em si mesmo
    Até se permitir nova abertura.
    @andarilhor

    ResponderExcluir
  4. Sorriu frente ao olhar incrédulo do seu melhor amigo.
    – Paradigmas, paradigmas. O que são eles senão o símbolo da incapacidade da mente humana em ir além?
    – Não. Não pode ser... Eu estava lá, eu vi!
    – O meu enterro? Pois é. E, no entanto, estou aqui. Não tente achar uma explicação lógica para isso ou perderá a sanidade, como eu perdi.

    ResponderExcluir
  5. Nesse mundo tão insano. Nessa vida tão cotidiana. Nesses amores tão insensíveis. Nesses atos tão lineares. Nessa sociedade tão cheia de paradigmas. Continuo a olhar o céu, com suas cores sensatas, suas nuvens incomuns, suas estrelas delicadas, sua atmosfera descontinuada e seu infinito que me tira de onde estou e me leva ao "Lá". Lá que não sabemos o há, o que é ou o que tem. Mas somos levados a esse desejo incontrolável de estar "lá".

    https://www.facebook.com/nessamendes88

    ResponderExcluir
  6. Quando as pessoas perceberem que fazem parte do todo alcançarão a verdade. Até mesmo aquele que vive num Paradigma faz parte da nossa constituição, por isso não devemos julgá-lo e sim compreender que necessitam de mais tempo para cumprir a jornada. Quantos anos você tem? Caso tenha respondido tendo por base sua idade biológica, igual aos ignorantes você também precisará de mais um ciclo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Entrevista na Editora Coerência