Postagens

Mostrando postagens de 2013

Quotidianos está chegando

Imagem
Olá pessoas.
Estou um tanto longe do blog, principalmente nas resenhas, e logo isso será revisto, mas a vida é curta, feita de escolhas e o tempo voa (rs), assim, ando me dedicando mais aos desenhos. Acontece que aproveitando esse novo momento fui chamada para um projeto muito legal que irá ao ar em março.
Organizado pelo escritor e agitador literário Rober Pinheiro, o projeto virá em uma plataforma virtual onde 10 duplas de autor / ilustrador, trarão ao público contos diários de todos os gêneros possíveis da literatura fantástica, deitando seu olhar sobre o que é cotidiano. Daí o nome do projeto ser Quotidianos, onde as ilustrações, assim como os textos,  terão como proposta o novo, o experimental, o diferente.


(Minha dupla fixa é a escritora Sumaya Sarran, e quem sugeriu meu nome para o projeto foi o Junior Cazeri.)
O projeto vai ao ar iniciando suas postagens no dia 04 de março. Mas antes, para balançar um pouquinho, um evento cultural apelidado carinhosamente de baladinha, acontec…

Fábulas do Tempo e da Eternidade

Imagem
Sobre o tempo, veio dizer que o deixássemos em paz. Ele não é nosso e nem mesmo se importa conosco.
Autora: Cristina Lasaitis Editores: Gianpaolo Celli Richard Diegues Revisão: Camila Fernandes Projeto Gráfico:  Richard Diegues Capa: Caroline Gariba Diagramação: Richard Diegues Tarja Editorial



Tenho em mãos um exemplar da segunda edição do livro Fábulas do Tempo e da Eternidade, publicado pela Tarja Editorial, (e eu não veria este livro em outra casa, mas falarei disto depois), e já que vamos falar sobre o tempo, a incessante cobrança e pressão das horas ou, como várias vezes Cristina Lasaitis nos diz através desta sua obra, a ilusão do tempo, acho valido começar revelando que esperei muito para ler este trabalho. Esta é uma obra que eu muito desejava. Ouvi incríveis comentários sobre este livro, sendo sempre opiniões que me incentivavam na leitura dele, mas a oportunidade não vinha, e, mesmo depois de eu o adquirir, ainda assim, ele esperou na minha estante, entre minha pilha metafórica de le…