Postagens

Mostrando postagens de Março, 2012

Li um livro: Persépolis

Imagem
O que tenho em mãos, na verdade, é um quadrinho! E que HQ (!!!). Eu já havia visto o filme de mesmo nome – uma animação – e comprovei que, mesmo o filme sendo lindo, o livro – como costuma acontecer – é infinitamente melhor. Mas, vamos ao que interessa.
Quem narra a biografia (pois sim, é uma autobiografia) é a iraniana Marjane Satrapi. Ela que viu e viveu a revolução que levou o povo do Irã para o regime xiita, nasceu na classe média, e fugindo da guerra viajou ainda na adolescência para longe de sua terra e família. Na Áustria ela passa por uma séria de problemas e reflexões à cerca de sua identidade e maturidade. Depois de adulta, Marjane resolveu contar sua história e de seu país para seus amigos de um modo pouco convencional. Uma sequência de histórias em quadrinhos que vendeu mais de 400 mil exemplares só na França, país onde estabeleceu sua moradia.

Persépolis é surpreendente! O traço descompromissado, mas extremamente peculiar divide espaço com seu texto perspicaz, narrando …