Ilustrando

Às vezes, ou talvez, na maioria das vezes, o fazer ocupa muito mais do tempo do que o imaginado. 
É impossível viver sem arte, sem criar, e durante bastante tempo, eu me dediquei mais a criação do que à divulgação do que ando fazendo.
O lado bom desse proposital esquecimento, é voltar aqui na hora do registro e notar a produção.
É só um pouco do que andei aprontando. Um mínimo registro, da minha contribuição para o mundo da fantasia:

 Ilustração/
O Menino que Perdeu a Magia - Celly Borges


 Ilustração e Projeto Gráfico/
Jurada pelas Sombras - Letícia Maria de Godoy


Ilustração e Projeto Gráfico/
o Guardião - Tótila Artigas

Ilustração e Projeto Gráfico/
A Encantadora de Palavras - Fernanda Coelho


E virão mais e mais, no seu tempo, pois o trabalho não para.

Comentários

Entrevista na Editora Coerência