Resenha - O Sonhador Deve Morrer

Faz muito tempo que não resenho nada, mas volto por um bom motivo: O Sonhador Deve Morrer, livro do autor independente Leandro Zerbinatti de Oliveira

 
Terminei nesse final de semana a leitura do romance fantástico do meu amigo escritor Leandro Zerbinatti, e a sensação é de me erguer de um mergulho, de águas multicoloridas de universos distintos.
A história se passa em um mundo totalmente fora do que conhecemos, criado em cada detalhe pelo autor, e nesse mundo (são muitos nomes, e distintos, e a memória me falha) existem vários lugares diferentes, desde cidades feitas de areia mágica que se constrói magicamente, como desertos de areia colorida responsáveis pela criação. Nesse mundo, há um ser tão mágico quanto, o Cavaleiro Perene, responsável por ajudar pessoas (e outros seres que lá habitam).
A trama dessa história se inicia com Gaulagutmer, um grande guerreiro e herói, que devido seu sofrimento, resolve que todo o mundo em que vive, deve acabar. E como isso? Aparentemente, todo o mundo é apenas um sonho de um garoto em coma num outro mundo. Ao mesmo tempo, um grupo de desconhecidos descobre o plano do guerreiro, e resolve impedi-lo.
A trama é constituída por duas viagens, a de Gaulagutmer, e a do outro grupo de desconhecidos, em busca de seus objetivos, e eles irão encontrar todo tido de lugar exótico e criaturas estranhas e mágicas.
Acredito que além da diversidade e criatividade de todos os cenários descritos, o forte do enredo é a mudança de alguns personagens durante a jornada, e algumas criaturas elucidativas que surgem no livro, e através de metáforas questionam a existência e nossa forma de existir, como nos portamos, como traçamos e escolhemos nossos objetivos, como usamos ou desperdiçamos nosso tempo. São passagens realmente fortes e posso dizer, fizeram dessa leitura muito mais complexa e profunda do que uma simples aventura onírica e épica.

Os personagens mais interessantes, ao meu ver, são Urla, a jovem dama que ganha força especial, além de ser muito inteligente, sem abandonar sua doçura. Um contraponto ao padrão mulher guerreira que temos visto (não que exista valor maior em uma ou outra), e para Zachraite, um velho sábio que percebe-se como uma criança diante a imensidão de conhecimento que há no mundo. No livro há também o herói guerreiro, Virgo, que é moldado pela honra e busca da verdade, e outros dois personagens no grupo, mas acredito que Urla e Zachraite são aqueles que nos mostram que, não é preciso de forças e armas, para se lutar batalhas importantes.
Outro personagem muito interessante é Nedros, um espadachim que sonha dominar a arte da música, pois vê em ambas energias que regem o mundo.
O livro está disponível na Amazon, e é uma leitura indicada para fãs de aventura e que gostem de um aprofundamento em questões voltadas à filosofia, à vida e espiritualidade.
Deixo meus parabéns ao autor. Quem dera as fantasias épicas, de uma forma geral, se preocupassem mais em passar mensagens e aprendizados como no livro O Sonhador Deve Morrer.

O Autor: Leandro é advogado, mestre de rpg, escritor de coisas malucas e fora de série.

Sinopse:
E se o mundo e todos os seus habitantes não passassem de um sonho, e o sonhador ali caminhasse como uma figura lendária?
Amargurado e prestes a tirar sua vida, o antigo herói Gaulagutmer descobre essa terrível verdade. Culpando o sonhador por sua desgraça, decide mata-lo a fim de acabar com aquele mundo artificial. Um grupo de indivíduos, que acidentalmente se depararam com a mesma revelação, agora tem o dever de salvar o sonhador a fim de preservar o mundo em que vivem e tudo aquilo que lhes é querido.


Para você que ficou curioso, o livro está com um ótimo preço na Amazon!!!! ($0.57). 

E para encontrar o autor no face: Leandro Zerbinatti


 
Categorias: Ficção e Romance, Entretenimento, Batalha Espiritual

Nota: o autor esteve presente no lançamento de Dias de Chuva, e lá nós trocamos os exemplares dos nosso livros.




Comentários

Entrevista na Editora Coerência